... e deixaram-na entregue aos lavradores da primeira aldeia que toparam. A aldeia demorava às abas do Monte Córdova, serra que se empina e ondeia com as fragosissimas encostas até à vila de Santo Tirso.
In A Bruxa de Monte Córdova, pp 178-Camilo Castelo Branco

17 de abril de 2016

Piolho negro da faveira

Chuva, chuva e mais chuva...finalmente o tempo melhorou, cá para estas bandas,  e temos uma tarde de sol.
O tempo ajudou a que o piolho se instalasse no faval e agora só nos resta "correr atrás do prejuízo" , como diz o povo. Já que não foi possível utilizar nenhum preventivo devido à chuva, vamos tentar minimizar os previsíveis estragos, ou seja, com uma solução de água, sabão azul e detergente para imobilizar e eliminar o piolho porque a desponta de pouco adiantará.


Preparamos do seguinte modo: - 50 g de sabão azul em 5 litros de água quente, deixar esfriar, adicionar 1/2l de detergente vulgar da loiça e deixar pousar a solução ( 1 a 2 horas) e por fim  pulverizar sobre a planta. E... acreditar que resultará.

1 comentário: